menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

Terminal de GNL de Sines com capacidade de emissão a 100% em semana de vaga de frio em Portugal

 

O Terminal de GNL de Sines atingiu, no passado dia 12 de janeiro, o máximo da sua capacidade de injeção física de gás natural no gasoduto de transporte de Sines, refletindo o aumento do consumo de gás natural em Portugal que resultou da vaga de frio que assolou o país e das necessidades de produção de eletricidade.

O Terminal de Gás Natural da REN em Sines atingiu 100% da sua capacidade de injeção na rede, tendo ainda sido responsável por 89% do consumo nacional de energia no dia 12 de janeiro. Nos últimos dias, o Terminal tem vindo a registar valores próximos do seu máximo.

O GNL fornecido através do Terminal de Sines tem sido uma opção de abastecimento competitivo no mercado ibérico, o qual está afetado por uma forte procura de gás natural.

Os valores registados vêm demonstrar o papel essencial das infraestruturas nacionais de gás natural na garantia de abastecimento dos consumos, e do setor elétrico em particular. Estas são planeadas e concebidas para dar resposta às exigências coincidentes dos consumidores, assegurando o seu pleno abastecimento sem restrições de consumo, garantindo assim o exercício das atividades produtivas que delas dependem. As infraestruturas são por esta razão dimensionadas para garantir não só o consumo médio como também na perspetiva da segurança de abastecimento do consumo de ponta, como foi o caso. Em Portugal Continental existem mais de 1,3 milhões de consumidores de gás natural, sendo a maioria em baixa pressão, 279 em média pressão e 21 em alta pressão.