menu
 
 

REN

Programa de Reflorestação

A REN, em resultado das atividades de construção e manutenção produz impactes diretos na flora e no uso do solo. Como forma de compensar estes impactes tem vindo, desde 2007, a realizar diversos projetos de arborização no âmbito da construção de novas instalações e desde 2013, alargou-se essa metodologia às linhas já em operação.

Estes impactes verificam-se, por exemplo, aquando da criação ou manutenção das faixas de proteção associadas às suas infraestruturas lineares (linhas elétricas e gasodutos). A REN, através do seu programa de reflorestação das faixas de servidão, nos últimos anos já plantou perto de meio milhão árvores numa área superior a 835 hectares.

Com o objetivo de contribuir para a implementação da estratégia europeia de infraestruturas verdes, através da transformação das atuais servidões de utilidade pública associadas ao transporte de energia de eletricidade e gás, numa rede de fornecimento de multisserviços, criando corredores de conexão e áreas tampão entre áreas classificadas, foi reapresentada candidatura ao programa da União Europeia LIFE, com a designação GREEN CONNECT, após a candidatura inicial ter sido objeto de avaliação pela UE.. Para este projeto a REN conta com dois parceiros, a QUERCUS e o CIBIO (ICETA).

Com este projeto pretendemos provar que o abandono de abordagens passivas e a adoção de abordagens mais ativas da gestão da vegetação existente nas faixas de servidão, que sejam ambientalmente sustentáveis, pode trazer benefícios ao nível da redução dos custos de manutenção, através do:

  • Aumento dos ciclos de intervenção

  • Co-responsabilização dos proprietários