menu
 
 

REN

Dispositivos Anticolisão de Aves

Na construção de linhas de muito alta tensão, a REN procura minimizar a ocorrência de impactes na avifauna através da seleção de localizações que evitem as situações mais críticas de compatibilidade com habitats e corredores migratórios de algumas espécies.

Nem sempre estas iniciativas que procuram minimizar a ocorrência de impactes na avifauna são suficientes para evitar a existência de impactes negativos, sendo, nesses casos, necessário identificar e aplicar medidas de minimização adicionais. De forma a minimizar a eventual colisão de aves, são usualmente instalados dispositivos de sinalização denominados Bird Flight Diverters (BFD), que são dispositivos em forma de espiral de fixação dupla, com cerca de 30 cm de diâmetro e 1 metro de comprimento, em cores laranja e branco. O espaçamento entre estes dispositivos nos troços de linhas potencialmente mais impactantes tem em consideração o zonamento territorial definido em estudo conjunto com o ICNF. A REN tem em curso, desde 2009, um estudo em parceria com a QUERCUS, com o objetivo de avaliar a eficácia de novos dispositivos anticolisão na redução do embate de aves selvagens com os cabos em linhas da RNT, designados FBF - Firefly Bird Flapper. A região do Baixo Alentejo foi selecionada para a realização deste estudo, com base em dados recolhidos em estudos anteriores (protocolo REN - ICNF), possibilitando a avaliação da eficácia da instalação dos dispositivos relativamente a espécies como a abetarda, o sisão e o grou. Estes dispositivos foram instalados nas linhas Ferreira do Alentejo - Évora e Palmela - Évora, ambas a 150 kV. No estudo foi igualmente avaliado o impacte dos FBF nos descritores ruído e paisagem, tendo-se concluído que a utilização destes dispositivos não induz uma alteração significativa nos referidos descritores.