menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

Lucros da REN atingem os 34.5M€ com EBITDA a crescer 13.2%

• EBITDA avança para 130.7M€

• Resultado Líquido ascende a 34.5 M€ (+0.2%), em linha com o 1T2011

• Início de atividade de consultoria no Brasil com State Grid

A REN alcançou lucros de 34,5 milhões de euros no 1T de 2012, um crescimento de 0,2%, em linha com o trimestre homólogo de 2011. Destaque ainda para uma melhoria significativa do EBITDA, que atingiu os 130,7 milhões de euros, um avanço de 13,2% face ao 1T2011.

A contribuir positivamente para os resultados do EBITDA esteve o crescimento da base de ativos regulados, bem como a subida na taxa ponderada de remuneração dos mesmos. O resultado financeiro foi de -32.2 milhões de euros, um agravamento de 54.9% face ao trimestre homólogo, influenciado pelo aumento do valor da dívida e do custo médio de financiamento, que passou de 4.2% no 1T2011 para 5.6% no 1T de 2012.

O nível de investimento no 1T2012 foi de 25 milhões de euros, registando uma diminuição significativa face ao 1T2011. No entanto, o valor das entradas em exploração atingiu os 7,8 milhões de euros, i.e., mais 6,2 milhões de euros que no 1T2011.

Neste primeiro trimestre do ano, realce ainda para o início da cooperação entre a REN e a State Grid International Development na prestação de serviços de consultoria no Brasil. Já depois do final do trimestre a REN assinou um acordo para comprar por 38,4M€, 7,5% do capital social da empresa Hidroeléctrica de Cahora Bassa em Moçambique, participação que, segundo Rui Cartaxo, "será instrumental para o envolvimento da REN no desenvolvimento da infraestrutura de transporte moçambicana".