menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

Projeto Gestão Transparente ganha reconhecimento internacional

 

O Projeto Gestão Transparente.org, do qual a REN é membro fundador, pode a partir de agora ser consultado a partir do site do H20 Collective Action Hub. A integração deste projecto nesta plataforma internacional, é o reconhecimento externo do esforço da REN e dos restantes parceiros em promover boas práticas empresariais e lutar contra o flagelo da corrupção.
 
O B20 Collective Action Hub é uma plataforma desenvolvida em 2003 pelo ICCA (International Centre for Collective Action), em parceria com o UN Global Compact e os parceiros institucionais do Centro, e tem como objetivo unir esforços internacionais para combater a corrupção, através do desenvolvimento de iniciativas de ação coletiva e de diálogo político, assim como promover o conhecimento e informação nesta matéria, com o propósito de reforçar as boas práticas de negócio.
 
A integração do projeto Gestão Transparente.org nesta plataforma é, para Gil Vicente Marcelino, Diretor da Auditoria Interna da REN, "o reconhecimento do valor de um projeto concebido e realizado em Portugal e por portugueses". "Para a REN, traz a mais-valia de apresentar a Empresa como parceira do projeto Gestão Transparente.org", acrescenta.
 
A corrupção, diz ainda Gil Vicente Marcelino "é um mal com enormes custos sociais e um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento dos países". No seu entender, "a atividade empresarial não é sustentável sem uma base ética e é sabido que um mercado transparente é indutor de um desenvolvimento sustentado".
 
O Projeto "GestaoTransparente.Org - Guia prático de gestão de riscos de corrupção nas organizações" data de 2012 e tem como propósito disponibilizar gratuitamente um simulador on-line que permite às diversas entidades aferir, em cada momento - por exemplo na realização de um determinado negócio, num determinado país - os níveis de risco de exposição à corrupção, fornecendo também legislação, medidas e instrumentos que permitem reduzir a exposição das empresas aos riscos de corrupção.
 
O Guia identifica e carateriza também os principais instrumentos organizacionais de prevenção de riscos de corrupção e é um instrumento de gestão prático para apoiar as organizações a definir e implementar medidas de prevenção da corrupção e de promoção da transparência.
 
Mais informação:
http://www.collective-action.com/initiatives/map
http://www.collective-action.com/initiatives-detail/571