menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN actualiza estratégia para triénio 2015-2018

 

A REN actualizou o seu plano estratégico para o triénio 2015-2018, o qual assenta em três pilares fundamentais: manter o compromisso prioritário com a operação nacional; explorar oportunidades internacionais e consolidar os resultados financeiros.

A operação nacional continua a ser a prioridade da REN, com previsão de um nível de investimento (CAPEX) necessário para assegurar as necessidades dos Sistemas Nacionais de Eletricidade e de Gás Natural em cumprimento com as obrigações das respetivas concessões, o qual permitirá manter a atual Base de Ativos Regulados (RAB). A manutenção da elevada qualidade de serviço e os níveis de eficiência da empresa, continuam também entre as prioridades da gestão, a par da aposta da inovação.

Fora de Portugal, a REN pretende executar o primeiro investimento internacional, diversificando assim o portfolio de negócio. Os mercados da América Latina e África continuam entre as prioridades, nos quais serão avaliadas oportunidades de forma seletiva. Na Europa, os projectos de interconexões são também identificados como potenciais oportunidades de investimento.

Em termos de resultados financeiros, os objetivos são de atingir uma taxa anual de retorno do capital (CAGR) sobre os resultados líquidos de cerca de 10% nos próximos três anos, assegurar um rating da dívida ao nível de investimento e manter o dividendo anual nos níveis atuais.

Rodrigo Costa, Chairman e CEO da REN, na sessão do Dia do Investidor, que decorreu sexta-feira dia 15 de maio, frisou a prioridade em "manter um grande foco no nosso mercado doméstico, essencial para mantermos a qualidade de serviço e segurança do abastecimento que nos é reconhecido. Queremos fazê-lo num quadro de desenvolvimento sustentável e com uma clara aposta na investigação e inovação. É, ainda, nossa intenção concretizar a estratégia de internacionalização iniciada no último plano estratégico, diversificando assim as nossas fontes de receita, criando valor para nossos accionistas e oportunidades para os profissionais que, ao longo dos últimos 20 anos, tornaram esta empresa um caso de sucesso no sector dos operadores de redes de transporte de energia a nível internacional".