menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN adere ao Movimento ECO

 

A REN voltou a aderir ao Movimento ECO - Empresas Contra os Fogos, um programa que tem como objetivo potenciar a prevenção dos incêndios florestais e sensibilizar a opinião pública para os comportamentos de risco. Um apelo a uma mudança de atitude, contando com a mobilização da sociedade empresarial e civil.

O Movimento ECO, que vai na 8ª edição, é um movimento da sociedade civil, nacional que conta com o envolvimento de várias empresas a operar em Portugal. Presidido por Francisco Murteira Nabo, conta com o apoio do Ministério da Administração Interna e do Ministério da Agricultura do Desenvolvimento Rural e das Pescas.

Reconhecendo a responsabilidade que a Empresa assume na prevenção e combate aos incêndios florestais, no âmbito da estratégia nacional de combate aos incêndios florestais e conforme definido pela legislação, esta é uma forma de “conseguirmos sensibilizar os proprietários para a importância da limpeza das suas parcelas e de os alertar para os comportamentos de risco que podem dar origem a incêndios florestais”, refere João Gaspar, responsável pela área de Servidões e Património da REN. É que, segundo dados do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, “a maioria dos incêndios resulta de atos negligentes”, acrescenta.

Ainda no âmbito da gestão das faixas das linhas, a REN adotou, desde 2009, logo na fase de construção, uma outra medida: a reconversão da faixa de proteção das linhas. Ou seja, a plantação nessa mesma área de espécies vegetais que asseguram uma maior compatibilidade com a exploração das linhas. Uma medida que, João Gaspar, reconhece que tem tido uma boa aceitação social por parte dos proprietários, que continuam a retirar da sua propriedade algum rendimento, e que permite à REN assegurar a diminuição do risco de incêndio e o número de intervenções na faixa.