menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN certificada para emitir “Obrigações Verdes"

 

A REN- Redes Energéticas Nacionais está desde hoje, 4 de fevereiro, habilitada a emitir "obrigações verdes", depois de ter sido sujeita ao longo processo de certificação efetuado pelo ISS, Institutional Shareholder Services. No seu relatório final, o conceituado certificador internacional independente da sustentabilidade das políticas empresariais classificou a REN com o rating B ("Prime"), considerando que a empresa dá um "contributo significativo para o atingimento das metas de desenvolvimento sustentável". 


O CFO da REN congratulou-se pelo facto de uma alteração da grelha de exigências para obter a certificação, ocorrida em 2020, ter permitido à REN candidatar-se a um estatuto até então só ao alcance de empresas com maior dimensão.  "Estamos finalmente em condições de diversificar a nossa base de investidores, atraindo quem já via a REN como uma empresa "verde", mas que agora poderá investir numa futura emissão de obrigações verdes", disse Gonçalo Morais Soares.


Esta certificação não vai, no entanto, alterar as metas da política de financiamento da empresa, que não recorreu aos mercados em 2020. "Os objetivos continuam a ser manter o nosso rating e uma estrutura de financiamento muito conservadora", precisou Gonçalo Morais Soares.


A REN vai fazer nos próximos dias 8 e 9 um "non deal road show", para apresentar a um conjunto de potenciais investidores "verdes" as conclusões do relatório do ISS.