menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN com lucros de 26,3M€ no primeiro trimestre de 2014

 


• EBITDA situa-se em 126,5M€
• Subida de 1,8% do RAB médio
• Resultado líquido recorrente aumenta 11,4%
• Dívida líquida recua 4,3%
• Custo médio da dívida desce para 4.8%

A REN apresentou lucros de 26,3 milhões de euros no primeiro trimestre de 2014, em linha com as expectativas da empresa, e representando um decréscimo de 9,6% face ao período homólogo de 2013.

A influenciar os resultados esteve o imposto extraordinário estabelecido pelo Estado Português ao setor da energia para 2014, mas descontando este impacto não recorrente o resultado líquido teria sido de 33,3 milhões de euros, um aumento de 11,4%. O EBITDA teve uma ligeira descida para os 126,5 milhões de euros (- 0,7% que no período homólogo). 

O resultado financeiro líquido melhorou 14,2%, refletindo a queda de 4,3% do montante da dívida líquida e uma queda material do custo médio da dívida que passou para 4.8%.

O CAPEX situou-se nos 9,5 milhões de euros, facto que é normal dada a concentração de investimento no último trimestre de cada ano.

De registar ainda que a REN pagou € 0,171 cêntimos por ação a título de dividendo em relação aos seus resultados de 2013 (dividend yield de 6%).

O fim do processo de privatização da REN está previsto realizar-se durante o primeiro semestre de 2014. A colocação da participação do Estado de 11% na empresa, deverá melhorar significativamente a liquidez das ações.

Emílio Rui Vilar, Presidente da REN, salientou que os resultados do primeiro trimestre de 2014 "refletem uma melhoria no custo médio da dívida, graças ao recente processo de refinanciamento". O Presidente da REN, referiu ainda que "a privatização dos restantes 11% a efetuar no segundo trimestre vai ser um significativo contributo para melhorar a liquidez da nossa ação".