menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN com resultado líquido de 6,1 milhões de euros no 1º trimestre

 

• EBITDA recua 12,4%

• Resultados Financeiros melhoram 4,3%

A REN- Redes Energéticas Nacionais, apresentou hoje os resultados trimestrais relativos ao primeiro trimestre de 2016, registando um decréscimo do resultado líquido da empresa de €14,2M, para €6,1M. Este decréscimo é justificado pela mais-valia alcançada em 2015 com a venda da participação da REN na ENAGÁS.

O EBITDA situou-se nos €121.1M, uma quebra de 12,4%, redução justificada pela referida venda da participação na ENAGÁS, apesar da melhoria dos custos operacionais em €0,5M, fruto da otimização e eficiência operacionais. Neste primeiro trimestre, o CAPEX foi de €11.3M.

Nos primeiros três meses do ano, a REN volta a apresentar uma sólida performance financeira, apesar do impacto negativo da CESE, onde se destacam a redução nos custos operacionais, um aumento da base de ativos regulada (RAB médio) para €3,542.1M, bem como um crescimento das transferências para exploração de €0,9M. De salientar ainda que estes resultados derivam também de uma evolução positiva no custo médio da dívida.

No primeiro trimestre, 72% do consumo de eletricidade em Portugal foi abastecido através de fontes de energia renovável. Também neste trimestre, a 18 de Fevereiro, registou-se um recorde de produção de eletricidade, de 232 GWh, devido ao pico de produção das fontes hídricas e eólicas. O Sistema Elétrico Nacional teve a capacidade de encaixar na sua rede os picos de produção registados, mantendo os elevados níveis de qualidade de serviço.

Em janeiro de 2016 a REN lançou a APP para investidores e media. Este novo canal de comunicação complementa os já existentes e facilita o acesso a toda a informação da empresa.