menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN em projeto de 5.000 MW com National Grid e Mainstream

A REN, a National Grid e a Mainstream Renewable Power assinaram um memorando de entendimento, com vista à realização de um estudo de viabilidade para o desenvolvimento, financiamento, construção e operação de um sistema de transmissão de 5.000 MW de eletricidade, que vai exportar energia electrica de origem eólica da Irlanda para o Reino Unido a partir de 2017.

As empresas envolvidas são a National Grid, que detém e gere redes energéticas no Reino Unido e nos Estados Unidos da América; a REN (Redes Energéticas Nacionais), operador concessionário da rede de transporte e da gestão da sistema de electricidade e gás natural de Portugal, em associação com a State Grid (a maior empresa chinesa de transporte de eletricidade a nível mundial), bem como a Mainstream Renewable Power, uma empresa que desenvolve energia eólica e solar a nível global e que lidera o projeto de produção de electricidade.

As empresas contribuem com uma capacidade global ímpar para o futuro desenvolvimento, financiamento, construção, propriedade e operação de ativos internacionais de transporte de eletricidade em grande escala.

  • A National Grid é uma empresa internacional de gás e eletricidade. No Reino Unido, opera sistemas que fornecem gás e eletricidade em todo o território, com ligação a mais de sete milhões de clientes do nordeste dos Estados Unidos à energia que consomem. Também detém um conjunto de empresas que operam em setores conexos, incluindo interconectores, importação de GNL, reabilitação de terrenos e metrologia.
  • A REN é o operador da rede de transporte e do sistema elétrico de Portugal, detido na sua maioria por capitais privados, que gere a rede de eletricidade e a rede de gás natural do país. Foi constituída em 2001, detendo e operando atualmente ativos de valor superior a 4,4 mil milhões de euros.
  • A Mainstream Renewable Power é uma das principais empresas independentes de desenvolvimento de projetos de energias renováveis a nível mundial. Possui um "pipeline" de projetos de desenvolvimento em todo o mundo superior a 15 GW, incluindo ativos de desenvolvimento offshore no Mar do Norte com capacidade para praticamente 8 GW e uma garantia de conexão à rede com 4,45 GW de capacidade para estes projetos offshore.

A Mainstream Renewable Power lançou o projecto Energy Bridge em Junho deste ano e já garantiu ao Reino Unido uma oferta de conexão à rede com 5 000 MW de capacidade. A empresa está atualmente em negociações com proprietários rurais do centro da Irlanda com vista a garantir os terrenos necessários que lhe permitirão iniciar a construção da primeira fase de 1 200 MW do projeto e fornecer esta capacidade de 1,2 GW de energia ao Reino Unido em 2017.

A propósito do memorando de entendimento, Eddie O'Connor, presidente-executivo da Mainstream, afirmou: "É um marco fundamental no plano que traçámos para o fornecimento de energia renovável ao Reino Unido a partir de 2017. Estou encantado por trabalhar com líderes mundiais de sistemas de transmissão de energia tão reputados. Estamos a formar uma equipa de peritos que irá realizar estudos de viabilidade aprofundados e um plano de negócios. Esta fase precederá a constituição de uma joint-venture pelas empresas envolvidas, que terá por objetivo o desenvolvimento, a construção, o financiamento, a propriedade e a operação do sistema. É algo que nunca foi feito em todo o mundo, e a Mainstream está empolgada por liderar um projeto tão inovador."

Citação de Steve Holliday, presidente-executivo da National Grid: "Estamos entusiasmados por trabalhar com os nossos parceiros neste projeto estratégico. Considerando que as nossas competências-chave residem no desenvolvimento, propriedade e operação de redes energéticas, incluindo projetos de interconecção, estamos sempre à procura de oportunidades como esta em que podemos aplicar efetivamente os nossos conhecimentos especializados. Trata-se de um projeto verdadeiramente empolgante, dimensionado para ligar consumidores e empresas às grandes capacidades de energia renovável de que necessitarão no futuro."

Citação de Rui Cartaxo, presidente-executivo da REN: "Este memorando de entendimento visa lançar o estudo de viabilidade duma infra-estrutura potencialmente marcante no contexto das futuras Auto-estradas Europeias de Energia. Estamos muito satisfeitos em nos associarmos a parceiros tão relevantes como a National Grid do Reino Unido e a Mainstream da Irlanda. Acreditamos que a REN vai dar um contributo relevante para o projecto, e que a nossa empresa beneficiará, igualmente, do know-how de parceiros tão qualificados. "

Acerca da Energy Bridge

A Energy Bridge será uma rede de eletricidade subterrânea privada que transportará eletricidade dos parques eólicos na Irlanda, em terra e no mar, para o Reino Unido. Levará a energia pelo fundo do mar irlandês até ao Reino Unido e será totalmente independente da rede elétrica atualmente existente na Irlanda. A Mainstream já garantiu ao Reino Unido uma oferta de conexão à rede com 5 000 MW de capacidade. A fase inicial deste projeto centrar-se-á no fornecimento dos primeiros 1 200 MW a partir de parques eólicos onshore em 2017. http://www.energybridge.ie/

Acerca da REN

O "core business" da REN é a gestão de sistemas de transporte de energia, operando nos setores da eletricidade e do gás natural. É um dos poucos operadores de redes de transporte europeus que gere ambos os sistemas e é responsável por:

  • Eletricidade - transporte em muito alta tensão e gestão técnica global da rede elétrica nacional, de que a REN - Rede Eléctrica, S.A. detém a concessão de serviço público por 50 anos desde 2007;
  • Gás Natural - transporte em alta pressão e gestão técnica global do sistema nacional de gás natural, incluindo a receção, armazenamento e regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) e armazenamento subterrâneo de gás natural. As empresas REN Gasodutos, REN Atlântico e REN Armazenagem detêm concessões de serviço público por 40 anos, desde 2006.

A REN também gere, através da REN Trading, contratos de aquisição de energia não sujeitos a cessação antecipada. A REN opera no setor das telecomunicações desde 2002, através da RENTELECOM. Esta empresa foi constituída para explorar a capacidade excedente das redes de telecomunicações de segurança, que fornecem apoio essencial à transmissão e ao transporte de eletricidade e de gás natural.

Em Outubro de 2010, o Estado Português atribuiu à ENONDAS, uma subsidiária detida a 100% pela REN, uma concessão para a produção de energia das ondas a partir de uma zona piloto ao norte de São Pedro de Moel. A concessão pública foi atribuída por 45 anos e inclui a autorização para a instalação de uma infraestrutura de conexão à rede pública.

Acerca da National Grid

A National Grid (LSE: NG; NYSE:NGG) é uma empresa de gás e de eletricidade que liga os consumidores a fontes energéticas através das suas redes. Detém uma posição vital no centro do sistema energético e o seu lema é: "nós ligamos tudo".

No Reino Unido, opera os sistemas de gás e de eletricidade essenciais para o funcionamento das infraestruturas da sociedade, fornecendo gás e eletricidade em todo o território. No Nordeste dos Estados Unidos, liga mais de sete milhões de clientes de gás e eletricidade a fontes energéticas vitais, essenciais para os estilos de vida da atualidade.

National Grid no Reino Unido:

  • A empresa é proprietária da rede de transporte de eletricidade de alta tensão em Inglaterra e no País de Gales e opera em toda a Grã-Bretanha
  • A empresa detém e explora o sistema de transporte de gás em alta pressão no Reino Unido  A sua distribuidora fornece gás a 11 milhões de lares e empresas
  • Também detém um conjunto de empresas que operam em setores conexos, incluindo importação de GNL, reabilitação de terrenos e metrologia
  • A National Grid gere em nome da indústria a linha gratuita do Serviço Nacional de Emergência de Gás - 0800 111 999 - (todas as chamadas são gravadas e podem ser monitorizadas).

 National Grid nos Estados Unidos:

  • A National Grid fornece eletricidade a cerca de 3,3 milhões de clientes em Massachusetts, New Hampshire, Nova Iorque e Rhode Island
  • Gere a rede de eletricidade de Long Island ao abrigo de um acordo celebrado com a Long Island Power Authority (LIPA), e detém mais de 4 000 MW contratados para a geração de eletricidade, fornecendo energia a mais de um milhão de clientes da LIPA
  • É o maior distribuidor de gás natural no nordeste dos Estados Unidos, servindo aproximadamente 3,4 milhões de clientes em Nova Iorque, Massachusetts, New Hampshire e Rhode Island.

Acerca da Mainstream Renewable Power

A Mainstream Renewable Power foi constituída para desenvolver projetos de energia eólica e solar onshore e offshore em todo o mundo. A empresa está a desenvolver mais de 15 000 MW em projetos distribuídos por sete países em quatro continentes. Como principal empresa independente de desenvolvimento de energia eólica offshore, a Mainstream Renewable Power está a desenvolver mais de 7,5 GW de projetos de energia eólica offshore em Inglaterra, Escócia e Alemanha. A Mainstream emprega mais de 140 trabalhadores. www.mainstreamrp.com