menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN, Fundação para a Ciência e Tecnologia e Universidade do Porto criam Cátedra em Biodiversidade

 

A REN, juntamente com a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e a Universidade do Porto (UP), criaram uma Cátedra em Biodiversidade, a ser ministrada na UP. A parceria entre a REN, a FCT e o CIBIO-InBIO (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto) reflecte o compromisso e empenho das três entidades nesta matéria.

A Cátedra assenta em 3 pilares: monitorização, minimização e compensação de impactes; ecologia populacional e cidadania na ciência. O primeiro vai desenvolver investigação no domínio da avaliação, monitorização, minimização e compensação de impactes de redes de transporte de energia sobre a biodiversidade, com particular atenção para as linhas elétricas.

O segundo pilar é dedicado à análise das respostas demográficas de espécies sujeitas a mortalidade não natural, um estudo que, no futuro, poderá ajudar a definir as circunstâncias em que se deverão envidar esforços significativos de minimização ou compensação, e para onde direcionar esses esforços.

O terceiro pilar centra-se nos projectos de cidadania na ciência (Citizen Science), uma tendência em crescimento a nível internacional, mas com uma expressão ainda relativamente reduzida em Portugal. Estes projectos têm o duplo objectivo de sensibilizar os cidadãos para a importância da actividade científica, através do seu envolvimento em iniciativas concretas, e de permitir a recolha de dados relativamente simples mas úteis, que seriam difíceis ou muito dispendiosos de recolher por processos convencionais.

Por outro lado, a Cátedra REN em Biodiversidade irá permitir sistematizar e divulgar o trabalho já desenvolvido: identificar impactes na biodiversidade; avaliar riscos e adotar medidas de minimização; promover atividades com impactes positivos; integrar a biodiversidade na atividade da empresa e apoiar iniciativas de conservação da natureza.

Para João Faria Conceição, Administrador Executivo da REN, "esta parceria reflecte a compromisso da REN com o desenvolvimento sustentável, conciliando a sua actividade enquanto empresa de referência no transporte de energia, com a proteção do ambiente, promovendo assim, o desenvolvimento e o bem-estar das comunidades e do País".