menu
 
 

REN

Comunicados Comunicados
Comunicados

Media

‹ VOLTAR

REN planta mais de 30 mil árvores em Penacova

 

A REN  vai reconverter 110 hectares de floresta no município de Penacova e vai plantar mais de 30 mil espécies autóctones - com destaque para a plantação de 27 mil medronheiros. Esta reconversão será feita ao longo dos corredores de transporte de energia, numa área compreendida entre a Serra da Atalhada, o Rio Alva e a Central da Aguieira, promovendo o restauro dos ecossistemas e o aumento da biodiversidade.

Para Humberto Oliveira, Presidente da autarquia de Penacova, "este projeto revela-se de uma importância estratégica pois visa o cumprimento de uma série de objetivos que as políticas municipais tem prosseguido nos últimos anos: tornar o nosso território mais resiliente ao risco de incêndios com o aumento da área de espécies mais resistentes ao fogo, a colocação dos espaços a intervir à disposição dos milhares de praticantes de BTT e Trail Running, que utilizam os nossos trilhos todos os anos, e ainda o aumento da área plantada e gerida de medronheiro permitir-nos-á continuar a apoiar uma economia local ligada à gestão desta espécie e a todo o potencial que ela pode trazer ao nosso território essencialmente na área entre o Alva e o Mondego".

Para João Gaspar, responsável da área de Servidões e Património da REN, "esta operação representa a continuidade do trabalho de ordenamento dos nossos corredores de transporte de energia em todo o País. Com a conclusão deste novo projeto em Penacova, passamos a ter mais de 53% da área florestal reconvertida neste concelho, substituindo espécies de rápido crescimento e maior propensão a incêndios, por espécies autóctones de crescimento mais lento e geradoras de rendimento anual para os proprietários dos terrenos".

Adicionalmente, a REN procura também incentivar uma intervenção mais ativa dos proprietários nos seus terrenos, assegurando uma melhor gestão dos mesmos e permitindo aos donos a obtenção de rendimentos de áreas que muitas vezes estavam ao abandono.

Desde 2010, a REN plantou mais de 1 milhão de árvores, numa área superior a 3 mil hectares, substituindo espécies de rápido crescimento por espécies autóctones, mais resistentes ao risco de incêndio. Nestas reconversões foram abrangidos mais de 15 mil proprietários, que têm a possibilidade de obter algum rendimento de terrenos que estavam frequentemente ao abandono, promovendo, ainda, o aumento da biodiversidade.

Na prevenção dos incêndios rurais, a REN tem ainda realizado ações de limpeza dos corredores de transporte de energia. Nos últimos 5 anos foram limpos mais de 30 mil hectares, o equivalente à área ocupada por 30 mil estádios de futebol. Só em 2019, a REN atuou em mais de 8 mil hectares (31 hectares/dia). Este trabalho é efetuado em terrenos que não pertencem à REN, o que implica um contacto com os proprietários antes de qualquer intervenção. Nos últimos anos, este trabalho envolveu o contacto com mais de 25 mil proprietários por ano. Em 2019, foram contactados 28.191 proprietários.